Contigo nunca me perco, perdendo-me ! (Ricardo Santos)

domingo, 4 de novembro de 2012

Gira-Discos (XXXVI)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)     
             
Mary Hopkin (Pontardawe, Gales, Reino Unido, 03-05-1950 – 20xx) - É uma cantora britânica de música “Folk”. A sua carreira musical, como vocalista, iniciou-se em 1967 no seio do grupo de “Folk”, chamado “Selby, Set & Mary”.
A modelo Twiggy pôs Mary em contacto com Paul McCartney, depois de ganhar o concurso televisivo "Oportunity Knock", com a canção "Turn, turn, turn".
Paul McCartney abriu-lhe as portas para o mundo musical, ao trazê-la para a editora “Apple Records” em 1968, e ao tornar-se seu produtor.
O single "Those Were the Days" de 1968, produzido por Paul McCartney, foi o maior êxito da sua carreira e é a versão inglesa da canção russa "Дорогой длинною". McCartney escreveu o seu segundo “single” intitulado "Goodbye", e produziu-lhe o álbum "Post Card".
Com a canção "Knock Knock, Who's There?" representou o Reino Unido no “Festival Eurovisão da Canção 1970”, onde ela terminou em segundo lugar, atrás de Dana.
A partir da publicação do seu segundo álbum editado em 1971, chamado "Earth Song-Ocean Song", e depois do seu casamento com Tony Visconty, Mary retirou-se da vida musical, para voltar mais tarde, sem grande sucesso.
Depois de se divorciar de Visconty em 1981, foi a vocalista da canção "Rachael's Song" de Vangelis para o filme Blade Runner.
Entre 1982 e 1984 fez parte dos grupos chamados “Sundance” e “Oasis”, como vocalista.
Em 1989 lançou o álbum "Spirit", com o single "Ave Maria", produzido por Benny Gallagher.

"Those Were the Days”, "" é um “single” de 1968, e uma faixa do álbum de 1969, "Postcard" e o álbum de 1972 "Those Were the Days". "Postcard" foi o álbum de estreia de Hopkin para a editora “Apple Records” e foi produzido por Paul McCartney. O álbum alcançou a posição Nº. 3 no “UK Albums Chart” e Nº. 28 na “Billboard 200”.
"Those Were the Days" foi escrito por Boris Fomin e Gene Raskin depois de uma melodia popular russa. O single foi muito bem sucedida, no topo da “UK Singles Chart” e alcançando a posição Nº. 2 na “US Billboard Hot 100”. "Those Were the Days" foi e continua sendo o maior sucesso Mary Hopkin e um dos maiores sucessos da etiqueta “Apple Records”.     
              
       
           
Once upon a time there was a tavern
Where we used to raise a glass or two
Remember how we laughed away the hours
And dreamed of all the great things we would do
Those were the days my friend
We thought they'd never end
We'd sing and dance forever and a day
We'd live the life we choose
We'd fight and never lose
For we were young and sure to have our way.
La la la la...
Those were the days, oh yes those were the days
Then the busy years went rushing by us
We lost our starry notions on the way
If by chance I'd see you in the tavern
We'd smile at one another and we'd say
Those were the days my friend
We thought they'd never end
We'd sing and dance forever and a day
We'd live the life we choose
We'd fight and never lose
For we were young and sure to have our way.
La la la la...
Those were the days, oh yes those were the days
Just tonight I stood before the tavern
Nothing seemed the way it used to be
In the glass I saw a strange reflection
Was that lonely woman really me
Those were the days my friend
We thought they'd never end
We'd sing and dance forever and a day
We'd live the life we choose
We'd fight and never lose
For we were young and sure to have our way.
La la la la...
Those were the days, oh yes those were the days
Through the door there came familiar laughter
I saw your face and heard you call my name
Oh my friend we're older but no wiser
For in our hearts the dreams are still the same
Those were the days my friend
We thought they'd never end
We'd sing and dance forever and a day
We'd live the life we choose
We'd fight and never lose
For we were young and sure to have our way.
La la la la...
Those were the days, oh yes those were the days            
             
"Goodbye”         
              

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.