A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

domingo, 12 de agosto de 2012

Gira-Discos (XXXIII)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)           
                 
Quarteto 1111 (1967 – 1987) – Foi uma banda portuguesa, formada em 1967, no Estoril. Numa década de inovações e experimentalismos, muitas bandas tentavam copiar o que era difundido pela rádio e ouvido em ocasionais discos trazidos do estrangeiro. Começava-se com material rudimentar e terminava com a Censura. Os “Beatles” ou os “Shadows” eram a inspiração para a maioria das bandas.
Um dos muitos grupos inspirados nos “Shadows” era o “Conjunto Mistério”, mais tarde chamado “Quarteto 1111”. Este nome foi inspirado no número de telefone onde decorriam os ensaios. O grupo era formado por Miguel Artur da Silveira, José Cid, António Moniz Pereira e Jorge Moniz Pereira.
O primeiro EP é “A Lenda de El-Rei D. Sebastião”, que conseguiu ser o primeiro disco português a tocar no programa "Em Órbita" do Rádio Clube Português. Os trabalhos seguintes do “Quarteto 1111” seguem o caminho iniciado com a “A Lenda de El-Rei D. Sebastião”. Em 1968 concorrem ao festival RTP da Canção interpretando “Balada para D. Inês”, que se classifica em 3.º lugar.           
                 
"A Lenda de El-Rei D. Sebastião”, de 1967.          
                 
          
                  
"Balada para D. Inês”, de 1967.         
                 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.