Contigo nunca me perco, perdendo-me ! (Ricardo Santos)

domingo, 1 de julho de 2012

Músicas House MD (6ª. Temporada) (XXIX)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)        
               
Big Strides (2003 – 20xx) – É uma banda londrina de 3 elementos, como base, e que toca uma original mistura de “Blues”, “Rock”, “Jazz” e “Funk”. A formação original foi composta por Marcus O'Neill (vocais, guitarra, harmónica), Kirk Lewis (bateria) e Tom Pi (contrabaixo). Em 2006, Chris Kelly substituiu Tom Pi no baixista.
O seu primeiro álbum " Small Town, Big Strides", foi lançado em 2005 pela sua própria etiqueta, “Tall Order Records”. O primeiro single " Suicidal" conseguiu acima de 300.000 “downloads”, no EUA.              
                   
Big Strides – I Do Not Far Jazz       
          
            
                     
Cass McCombs (Concord, EUA, 1977 – 20xx) – McCombs nasceu em Concord, Califórnia em 1977. Ele levou uma vida nómada para a maior parte da sua vida adulta, saltando de uma cidade para outra, vivendo em carros, sofás e em parques de campismo. McCombs utilizou o seu tempo desenvolvendo as suas habilidades como compositor em Nova York, até aos acontecimentos do “9/11”. Sem dinheiro partiu de volta, via autocarro da "Greyhound", para São Francisco, onde gravou o seu disco de estreia.         
                 
Cass McCombs – Harmonia            
                
             
                       
Franz Peter Schubert (Himmelpfortgrund, 31-01-1797 — Viena, Áustria, 19-11-1828) - Foi um compositor austríaco do fim da era clássica, com um estilo marcante, inovador e poético do romantismo. Escreveu cerca de seiscentas canções (o "lied" alemão), bem como óperas, sinfonias, incluindo a "Sinfonia Incompleta", sonatas entre outros trabalhos. Não houve grande reconhecimento público da sua obra durante sua curta vida; teve sempre dificuldade em assegurar um emprego permanente, vivendo muitas vezes à custa de amigos e do trabalho que o pai lhe dava. Morreu sem quaisquer recursos financeiros com a idade de 31 anos. Hoje, o seu estilo considerado por muitos como imaginativo, lírico e melódico, fá-lo ser considerado um dos maiores compositores do século XIX, marcando a passagem do estilo clássico para o romântico.           
                 
Franz Schubert – Impromptu #3 in B flat, aqui tocado pela pianista Valentina Lisitsa, nascida em Kiev em 1973. Valentina vive actualmente na Carolina do Norte, EUA e é casada com Alexei Kuznetsoff, também pianista e seu parceiro em vários duetos.          
                      

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.