Contigo nunca me perco, perdendo-me ! (Ricardo Santos)

domingo, 15 de julho de 2012

Gira-Discos (XXXII)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)        
                  
Peste & Sida (1986 – 20xx) - São uma banda de “Rock” portuguesa constituída no Verão de 1986, em Lisboa. A banda era formada por João San Payo (baixo), Luís Varatojo (guitarra) Fernando Raposo (bateria) e João Pedro Almendra que se junta ao grupo para se encarregar das vocalizações; Orlando Cohen entra pouco depois.
Os Peste & Sida participam no “4º. Concurso de Música Moderna” do “Rock Rendez-Vous”, mas entretanto conseguem contrato de gravação com a independente “Transmédia” e editam o LP “Veneno” 1987.A banda começa a dar muitos espéctáculos e faz algumas primeiras partes dos “Xutos & Pontapés” entre outros. “Sai Portem-se Bem”, o segundo álbum de originais (1989). Lançam ainda o maxi-single “Reggaesida”, em 1989 e já sem Orlando Cohen. Ao mesmo tempo que João Pedro Almendra abandona.A banda prepara o seu novo trabalho discográfico, que sai em Abril de 1990, com o título “Peste & Sida é Que é....Entra”, como segundo guitarrista, (vindo dos “Vómito”), Nuno Rafael, Raposo abandona a bateria e para o seu lugar entra Marco Franco, ainda a tempo de participar nas gravações do próximo álbum do grupo “Eles Andam Aí” (1992). Em 1993 é editado o disco “O Melhor dos Peste & Sida”, que é um somatório dos dois discos gravados para a editora Polygram.       
                  
"Sol Da Caparica” , video de 1991, dirigido por José Pinheiro e Bruno Niel.           
                  
              
                  
"Furo Na Cabeça” , ao vivo no programa “Estúdio 4” na RTP, nos anos 80.          
                  

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.