A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

domingo, 15 de julho de 2012

Gira-Discos (XXXII)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)         
                
The Mamas & the Papas (1965 – 1968) - é um grupo vocal formado em Nova Iorque, Estados Unidos, nos anos 1960, por John Phillips (responsável pelas composições do grupo), Michelle Phillips, 'Mama' Cass Elliot e Denny Doherty. Entre 1966 e 1968, alcançaram renomados sucessos nas paradas de todo o mundo com canções como “Monday, Monday” e "California Dreamin'", até hoje as suas canções mais conhecidas.
The Mamas & The Papas foi uma das únicas bandas norte-americanas a conseguir manter o sucesso a par da competição com a Invasão Britânica. O grupo gravou e apresentou-se de 1965 a 1968, lançando cinco álbuns e deixou dez sucessos entre os compactos mais vendidos.
O sucesso do grupo deve-se as belas harmonizações vocais, acompanhamento em estúdio, dos seus discos, tocados por músicos profissionais, e a sua participação na contracultura sessentista. O grupo também deixou uma herança de excelentes releituras de vários sucessos de outros artistas dos anos 1960, como “I Call Your Name”, “Do You Wanna Dance”, “My Girl” e “Twist and Shout”.            
              
"Monday, Monday” do álbum “If You Can Believe Your Eyes and Ears”, de 1966.       
                 
          
             
Monday Monday, so good to me,
Monday Monday, it was all I hoped it would be
Oh Monday morning, Monday morning couldn't guarantee
That Monday evening you would still be here with me.
Monday Monday, can't trust that day,
Monday Monday, sometimes it just turns out that way
Oh Monday morning, you gave me no warning of what was to be
Oh Monday Monday, how yould cou leave and not take me.
Every other day, every other day,
Every other day of the week is fine, yeah
But whenever Monday comes, but whenever Monday comes
You can find me cryin' all of the time
Monday Monday, so good to me,
Monday Monday, it was all I hoped it would be
Oh Monday morning, Monday morning couldn't guarantee
That Monday evening you would still be here with me.
Every other day, every other day,
Every other day of the week is fine, yeah
But whenever Monday comes, but whenever Monday comes
You can find me cryin' all of the time
Monday Monday, ...         
                
"Dedicated To The One I Love” do álbum “The Mamas & The Papas”, de 1966.     
               

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.