A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

sábado, 2 de junho de 2012

Músicas House MD (6ª. Temporada) (XXVII)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)         
              
Robert Alexander Schumann (Zwickau, Alemanha, 08-06-1810 — Endenich, Bonn, Alemanha, 29-07-1856) - Foi um músico e pianista alemão. Robert Schumann nasceu na Saxônia filho de um livreiro, August Schumann e Johanna Schumann.
Como o seu pai era bibliotecário, Schumann, pode descobrir com facilidade a obra de Shakespeare, verdadeiro emblema para os jovens que se rebelavam contra a ortodoxia do Classicismo.Lendo também á obra mais atual de Lord Byron e também outros autores como Walter Scott e Jean Paul, escritor que Robert admirava ao ponto de em 1828, empreender uma peregrinação a Bayreuth para visitar o seu túmulo.
Em 1826 o seu pai morreu, fato que Robert jamais superou em razão do enorme sofrimento da sua perda. Pouco depois viajou até Leipzig, a cidade de Johann Sebastian Bach, a fim de matricular-se na faculdade de Direito. Mais tarde em Heidelberg, retomou o estudo das leis, inscrevendo-se na cátedra de Justus Thibaut. Todavia, os verdadeiros ensinamentos deste grande filósofo começariam após o horário escolar, quando este se reunia com o aluno para lhe confessar que era a música a sua verdadeira paixão. O facto de ter conhecido a pianista Ignaz Moscheles e o fascínio por Niccoló Paganini acabaram por lhe determinar o destino.
Em 1830, em Leipzig passou a dedicar-se exclusivamente à música, com auxílio de seu professor Friedrich Wieck e Heinrich Dorn, mestre de capela da catedral daquela cidade.

Robert Schumann, interpretado aqui pela pianista Valentina Lisitsa (pianista clássica Ucraniana, nascida em Kiev em 1973. Valentina vive actualmente na Carolina do Norte, EUA e é casada com Alexei Kuznetsoff, que é também pianista e o seu parceiro em vários duetos) – Kinderszenen, Opus 15, (…que em português se pode traduzir por “Cenas da Infância ou Cenas Infantis”, é um conjunto de treze andamentos para piano solo, compostos em 1838). 
            
         
             
Cole Albert Porter (Peru, Indiana, EUA, 09-06-1891 — Santa Mónica, Califórnia, EUA, 15-10-1964) - Foi um músico e compositor norte-americano. O seu trabalho inclui as comédias musicais “Kiss Me, Kate” (1948 - baseado na peça de Shakespeare “The Taming of the Shrew”), “Fifty Million Frenchmen” e “Anything Goes”. Também as músicas "Night and Day", "I Get a Kick Out of You" e "I've Got You Under My Skin". Ele é notado pelas letras sofisticadas (às vezes vulgares), ritmos inteligentes e formas complexas. Ele é um dos maiores compositores americanos a contribuir para o “Great American Songbook”.    
                
Annie Lennox (Aberdeen, Grã-Bretanha, 25-12-1954 – 20xx) - É uma premiada cantora escocesa, conhecida por ter sido vocalista do grupo Eurythmics - Every Time We Say Goodbye            
              
             
                      
Oscar Emmanuel Peterson (Montreal, Canadá, 15-08-1925 – Mississauga, Ontário, Canadá, 23-12- 2007) - Foi um pianista de jazz canadiano. Oscar Peterson é considerado por muitos críticos como um dos maiores pianistas de jazz de todos os tempos (palavras do crítico Scott Yanow, em 2004). Os seus parceiros musicais mais constantes são os contrabaixistas Ray Brown e Niels-Henning Orsted Pedersen e os guitarristas Herb Ellis e Joe Pass.
Começou a estudar trompete e piano com o seu pai aos cinco anos de idade. Após uma tuberculose dedicou-se ao piano.
Em 1944 participou da Johnny Holmes Orchestra, onde ele aprendeu composição e arranjo. Três anos mais tarde formou o seu primeiro trio com Bert Brown (contrabaixo) e Frank Gariepy (bateria), com o qual se apresentava em concertos semanais no “Alberta Lounge”, onde Norman Granz (empresário norte-americano de jazz) o descobriu e o levou a tocar no “Carnegie Hall”.            
            
Oscar Peterson Trio I Love Paris              
                 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.