A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

domingo, 20 de maio de 2012

Jazz Standards (LXIII)

(Dados Biográficos In Wikipédia e In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)             
              
(Sobre o tema em questão, algumas palavras retiradas de “in
http://www.jazzstandards.com/compositions/index.htm” - adaptação e tradução por Ricardo Santos)         
               
Cherokee (Indian Love Song) (#39) - Música e Letra de Ray Noble
Chefe de banda, britânico, Ray Noble escreveu e lançou o "Cherokee", como o primeiro dos cinco movimentos de "Suite Indian" (Cherokee, Comanche War Dance, Iroquois, Seminole e Sioux Sue). No ano seguinte, o trompetista e orquestrador Billy May criou um arranjo com sucesso instrumental, de "Cherokee", para a orquestra de Charlie Barnet. A música subiria para o número 15, das tabelas populares.              
                  
Clifford Brown (Filadélfia, EUA, 30-10-1930 - 20xx) & Max Roach (New Land, North Carolina, EUA, 10-01-1924 - New York, EUA, 16-08-2007) – Em 1955, do album “Study in Brown, com Clifford Brown (trompete), Harold Land (saxofone tenor), Richie Powell (piano), George Morrow (baixo duplo, contrabaixo), Max Roach (bateria).            
                 
           
                  
Joe Pass (New Brunswick, New Jersey, EUA, 13-01-1929 – Los Angeles, California, EUA, 23-05-1994) – Do seu album “Virtuoso” de 1973, gravado em Novembro, para a Metro Goldwin Mayer (MGM) Recording Studios.    
           
             
              
Sarah Vaughan (Newark, EUA, 27-03-1924 — Los Angeles, EUA, 03-04-1990)          
            
           
             
Bud Powell (New York, EUA, 27-09-1924 – New York, EUA, 31-07-1966) trio – Com Bud Powell (piano), Ray Brown (contrabaixo) e Max Roach (bateria). 
          
          
           
Letra  
    
Sweet Indian warrior
Since first I met you
I can't forget you
Cherokee sweetheart
Child of the prairie
Your love keeps calling
My heart enthralling
Ooh Cherokee
Dreams of summertime
Of wintertime gone by
Throng my memory so tenderly and sigh
My sweet Indian warrior
One day I'll hold you
In my arms fold you
Oh Cherokee
Brave Indian warrior
Since I first met you
I can't forget you
Cherokee sweetheart
Child of the prairie
Your love keeps calling
My heart enthralling
Ooh Cherokee           
        
Lamento, algumas eventuais falhas nas letras, encontradas na Internet, devido à própria improvisação dada pelos seus intérpretes, e muitas vezes de difícil entendimento. (Ricardo Santos)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.