A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

sábado, 31 de março de 2012

Jazz Standards (LVI)

(Dados Biográficos In Wikipédia e In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)        
                        
(Sobre o tema em questão, algumas palavras retiradas de “in http://www.jazzstandards.com/compositions/index.htm” - adaptação e tradução por Ricardo Santos)            
              
Caravan (#17) - Música de Duke Ellington e Juan Tizol, e Letra de Irving Mills 
Barney Bigard e “His Jazzopaters” estrearam "Caravan" pela etiqueta “Variety” em Dezembro de 1936. A gravação entrou nas tabelas dos mais vendidos, em Junho de 1937, subindo até ao quarto lugar. Um mês depois, a gravação de Duke Ellington e sua orquestra, na editora Master (impressa em Maio de 1937), encontrou o seu caminho nas tabelas e subiu ao 20º. lugar.              
                  
Thelonious Monk (Rocky Mount, EUA, 10-10-1917 — Weehawken, New Jersey, EUA, 17-02-1982) - gravado em New Jersey, em Julho de 1955. Com Thelonious Monk (piano), Oscar Pettiford (contrabaixo) e Kenny Clarke (bateria).           
                  
                   
                    
Boston Brass (1986 - 20xx) – Ao vivo com os “Boston Brass”. Gravado em Novembro de 2007, em Duluth, Minnesota. Com Jeff Conner (trompete), Chris Castellanos (trompa), Lance LaDuke (trombone), Andrew Hitz (tuba) e Jose Sibaja (trompete).                
                      
                
                   
Oscar Peterson (Montreal, Canada, 15-08-1925 - 23-12-2007) trio – Oscar Peterson (piano), Niels-Henning Örsted Pedersen (contrabaixo) e Martin Drew (bateria).               
                    
                    
                        
Duke Ellington (Washington, EUA, 29-04-1899 — New York, EUA, 24-05-1974) – A segunda música do lado “B” do álbum "Money Jungle". Gravado na editora “Sound Makers”, em 17 de Setembro de 1962, com Duke Ellington (piano), Charles Mingus (contrabaixo) e Max Roach (bateria).                
                    

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.