A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

sábado, 31 de março de 2012

Gira-Discos (XXV)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)             
                 
Despe e Siga (1994 – 2000) - Foi uma banda portuguesa, criada, como uma espécie de alter-ego da banda “Peste & Sida”, pelos mesmos membros desta banda. Um dos seus maiores sucessos foi 'Festa' de 1994. As primeiras aparições de Luís Varatojo, João San-Payo, Fernando Raposo e Nuno Rafael, como “Despe e Siga” foram feitas no início da década de 90. Estávamos em 1991 e a banda passava então a usar também o cartão de visita com a marca “Despe e Siga”, a par do título de “Peste & Sida”.
A ideia era tocar versões, pegar em temas de bandas como os “Pogues” ou os “Madness” e cantá-las dentro do mesmo ritmo, mas em português. No entanto, o arranque foi feito de maneira diferente. Luís Varatojo e companhia e agarraram em temas em inglês que costumavam tocar nos ensaios e transpuseram-nos para o palco, e quando o último disco dos “Peste” via luz do dia, em 1992, já os “Despe e Siga” davam concertos no bar BBB, da Costa da Caparica, onde actuaram regularmente, até ao Verão do ano seguinte.       
                 
"Bué da Baldas”, de 1994, do álbum “Despe e Siga”.                 
                        
                
                         
Festa”, de 1994, do álbum “Despe e Siga”.                
                     

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.