A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

sábado, 31 de março de 2012

5MJZ (XIII) – Dexter Gordon Quintet

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos; e ainda In Duarte, José, História do Jazz, 2ª. Edição, Editora Sextante, Novembro de 2009)                
                  
Se Luís Villas-Boas é considerado o pai do Jazz em Portugal, José Duarte é também uma figura proeminente e importante na divulgação deste género musical no nosso País.
Estamos a passar, com o auxílio do “Youtube”, como é habitual, algumas das músicas, consideradas obrigatórias pelo José Duarte e constantes numa edição de três CD’s sobre o programa “Cinco Minutos de Jazz”, começado na década de 60 (1966), no “Rádio Renascença”, depois na Rádio Comercial e mais tarde na Antena 1, onde ainda hoje e há mais de 40 anos se divulga o improviso na rádio do nosso país.               
                     
Dexter Gordon (Los Angeles, Califórnia, EUA, 27-02-1923 - New York, EUA, 25-04-1990) -  Foi um músico de jazz norte-americano, considerado um dos pioneiros do “Bebop”. Entre 1940 e 1980 tocou com grandes nomes, tais como Lionel Hampton (vibrafobe), Tadd Dameron (piano), Charles Mingus (contrabaixo), Louis Armstrong (trompete) e Billy Eckstine (cantor e trompete). Também tocou, durante alguns meses de 1947, com a orquestra de Fletcher Henderson (piano).
Gordon era considerado um virtuoso, particularmente pelo seus duetos de saxofone com Wardell Gray (saxofone tenor), com o qual gravou vários álbuns entre 1947 e 1952.
Fez diversas aparições em filmes durante a sua vida, entre elas, a do filme “The Connection”, de 1960, para o qual também compôs a banda sonora. Depois disso, passou 15 anos residindo na Europa, principalmente em Paris e Copenhague. Neste período, retornou algumas vezes aos Estados Unidos para gravar. Os sete álbuns que lançou pela etiqueta “Blue Note Records” neste período (Doin' Allright, Dexter Calling…, Go, A Swingin' Affair, Our Man in Paris, One Flight Up, e Gettin' Around) são considerados os seus melhores trabalhos.
Em 1976 regressou aos EUA, apresentando-se no clube de jazz “Village Vanguard”, com grande sucesso. Lançou, posteriormente, vários álbuns pela etiqueta “Columbia Records”.
Em 1986, no filme “Round Midnight” fez o papel de um músico de jazz, pelo qual recebeu uma nomeação para o “Óscar de Melhor Actor”.            
                 
"Darn That Dream", música de Jimmy Van Heusen e letra de Eddie DeLange, publicado em 1939 (*). Aqui para o álbum “One Flight Up” com o seu quinteto, composto por Donald Byrd (trompete), Dexter Gordon (saxofone tenor), Kenny Drew (piano), Niels-Henning Orsted Pedersen (contrabaixo) e Art Taylor (bateria).            
               
(*) 1939 – Adolf Hitler invade a Polónia, dando início à II Guerra Mundial; Morre Sigmund Freud; Victor Fleming realize o filme “E Tudo o Vento levou; John Steinbexk escreve o livro “As Vinhas da Ira”.              
                 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.