A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

sábado, 18 de fevereiro de 2012

O Gato - Interacção Humorística (LIV)

Em 23-04-2010. Obrigado.         
               
O Gato            
                
Um alentejano queria livrar-se de um gato. Levou-o até uma esquina distante e voltou para a casa. Quando chegou à casa, o gato já lá estava. Levou-o novamente, agora para mais longe. No regresso, encontrou gato novamente em casa. Fez isso mais umas  três vezes e o gato voltava sempre para casa.                
                      
Furioso, pensou: "Vou lixar este gato!"           
                
Pôs-lhe uma venda nos olhos, amarrou-o, meteu-o num saco opaco colocou-o na mala do carro. Subiu à serra mais distante, entrou e saiu de diversas estradinhas. Deu mil voltas. e acabou por soltar o gato no meio do mato. Passados dois dias, o alentejano liga para casa pelo telemóvel...         
                   
- Tá, Maria, o gato já chegou?
- Chegou ontem...
- Ainda bem, deixa-me falar com ele porque eu estou perdido...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.