A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

sábado, 1 de outubro de 2011

Nada substitui o papel (*) – Quando Deus Era Um Coelho – Sarah Winman

(*) O papel pensa-se que terá sido inventado na China, durante a dinastia Han, entre 206 AC e 221 DC. Terá seguramente mais de 1.700 anos de história.         

                         
De Sarah Winman (Londres, 1964 – 20xx), “Quando Deus Era Um Coelho”, é a história de um irmão e de uma irmã. Mistérios e recomeços, de amizade e de família, de triunfos e tragédias, e de tudo o que fica pelo meio. O amor em todas as suas formas. Das Ilhas Britânicas às ruas nova-iorquinas, dos anos 60 à tragédia do 11 de Setembro, no “World Trade Center”, navegamos pela história de Elly e Joe, dois irmãos ligados por laços e segredos que vão resistindo e se transformam com o tempo. Aconselho a leitura deste romance/novela.              
                       
Na FNAC, com cartão FNAC, são 17,91€. Sem cartão são 19€                
                  
                        
Sarah Winman fala sobre a sua primeira novela, a Richard e Judy do “Summer 2011 Book Club”                 
                                
                      
                           
Como Sarah Winman descreve o seu livro. O que ele representa para ela ?               
                           
                  
                          
Quando Deus Era Um Coelho                     
                        

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.