A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

sábado, 24 de setembro de 2011

Ter ou não ter inimigos - Interacção Humorística (XXXIII)

Em 13-11-2009. Obrigado.            
                 
Ter ou não ter inimigos !                  
                    
Todos os seres humanos deveriam viver como esta boa e adorável mulher !

Quase ao final da missa dominical o sacerdote perguntou aos fiéis, na igreja: 
"Quantos de vocês conseguiram perdoar aos vossos inimigos ?"
A maioria levantou a mão. O sacerdote voltou a repetir a mesma pergunta e então todos levantaram a mão, menos uma pequena e frágil velhinha.
"Senhora Mariazinha ?  A senhora não está disposta a perdoar aos seus inimigos ?"
"Eu não tenho inimigos !" respondeu ela, docemente.
"Senhora Mariazinha, isso é muito raro!"  disse o sacerdote.
E perguntou, de seguida: "Quantos anos tem a senhora ?
E ela respondeu: "98 anos !"
O público presente na igreja levantou-se e aplaudiu a idosa, entusiasticamente.
"Doce senhora Mariazinha, conte para todos nÓs como se vive 98 anos e não se tem inimigos?"
A doce e angelical velhinha dirige-se ao altar, vira-se para a plateia e diz em tom solene, olhando para o público emocionado:             
                       
"Porque já morreram todos, aqueles filhos da puta !

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.