A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

sábado, 10 de setembro de 2011

Músicas House MD (4ª. Temporada) (VIII)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)            
                     
The Supremes (1959 – 1977) – Foi um bem sucedido grupo feminino que gravava para a editora “Tamla Motown”, activo de 1959 a 1977. Apresentava vários estilos musicais, como “Pop”, “Soul”, “Psicodelia” e “Disco”. Uma das marcas registadas da Motown, “The Supremes” foi talvez, o mais famoso grupo musical negro dos anos 60, conhecida inicialmente como "The Primettes", por volta de 1959. Era uma banda vocal formada por, Barbara Martin, Diana Ross, Florence Ballard e Mary Wilson. Cerca de 20 sucessos, na tabela do “Hot 100” da “Billboard” entre 1964 e 1969, muitos deles escritos e produzidos pelos principais criativos, da “Tamla Motown”, Brian Holland, Lamont Dozier e Edward Holland Jr.. O sucesso das Supremes durante essa época pavimentou o caminho para que futuros artistas de “Soul” e “R&B” conquistassem as plateias dos Estados Unidos e de diversos países.               
                        
The Supremes – You Keep Me Hangin' On            
                
                 
                           
Sly and the Family Stone (1967 - 1975) – Foi uma importante e influente banda norte-americana de “Soul” e “Rock & Roll” formada em São Francisco, Califórnia. Activo de 1967 a 1975, o grupo teve um papel primordial no desenvolvimento da musical “Soul”, do “Funk” e do “Psicodelismo”. Liderada pelo cantor, compositor, produtor musical e multi-instrumentista Sylvester "Sly Stone" Stewart e formado por vários membros de sua família e amigos, o grupo foi também importante por ter sido a primeira banda norte-americana a ter uma formação multicultural, dando a negros, brancos, homens e mulheres papéis importantes na sua instrumentação.              
                     
Sly and Family Stone – Everyday People                   
                    
                
                              
The Beta Band (1996 – 2004) – Foi um grupo musical britânico que recebeu muita boa opinião crítica e muito culto, entre os seguidores do “Underground” e “Experimental Music Scene”. O seu estilo descrito como “Folktronica”, uma mistura de “Folk”, “Electronica”, “Rock and Roll”, “Trip Hop” e “Experimental Jammimg”. Formada em 1996, com os músicos Steve Mason (vocais e guitarra) e Gordon Anderson. Os dois estiveram, inicialmente, para chamar à sua banda “The Pigeons”, mas desistiram da ideia. À medida que criaram as músicas para a sua estreia no seu EP “Champion Versions”, juntou-se-lhes o baterista Robin Jones e o teclista, e DJ, John MacLean. O baixista original Steve Duffield, desistiu antes da gravação de “Champion Versions”.                    
                          
The Beta Band – Needles In My Eyes                       
                            

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.