A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Uso do Cinto de Segurança

As estatísticas que embora possam ter, também, o seu pequeno quê de errado, estão neste caso erradas com uma infinitesimal percentagem.        
           
Com algum intuito, o cinto de segurança, foi inventado. Tem sido ao longo dos tempos reinventado e evoluído, tecnologicamente, para nos resguardar nos acidentes rodoviários. Milhões de pessoas no Mundo inteiro, durante as suas viagens em estrada, têm sido salvas graças à sua utilização.             
                     
Os vídeos foram escolhidos, propositadamente por mim, para vos chocar. Penso ser a única maneira de nos lembrarmos de os utilizar tanto à frente, como sentados no banco traseiro.                  
            
NÃO ESQUEÇAM ESTAS IMAGENS !              
           
   
  
     
                  
Quantas vezes somos pais inconscientes, ou será que um filho não significa nada para nós ?                 
                 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.