Contigo nunca me perco, perdendo-me ! (Ricardo Santos)

domingo, 5 de junho de 2011

Jazz Standards (XVII)

O que é um “Jazz Standard” ?

Os termos “standards” ou “jazz standards” são muitas vezes usados quando nos referimos a composições populares ou de músicas de jazz. Uma rápida pesquisa na Internet revela, contudo, que as definições desses termos podem ser muito variar muito.
Então o que é um “standard” ?
Comparando definições de alguns dicionários e de estudiosos de música e baseando-nos naquilo que for comum e que estiver em acordo, será razoável dizer que:
“Standard” (padrão) é uma composição mantida em estima contínua e usada em comum, por vários reportórios.
… e …
Um “Jazz Standard” (padrão de jazz) é uma composição mantida em estima contínua e é usada em comum, como a base de orquestrações/arranjos de jazz e improvisações.
Algumas vezes, o termo “jazz standard” é usado para sugerir que determinada composição se torna um “standard”. Palavras e frases têm muitas vezes múltiplos significados e esta não é excepção. Neste sítio http://www.jazzstandards.com/ nós vamos usar a definição que tem maior aceitação geral, uma que aceita composições seja qual for a sua origem.

(Dados Biográficos In Wikipédia e In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)

(Sobre o tema em questão, algumas palavras retiradas de “in
http://www.jazzstandards.com/compositions/index.htm” - adaptação e tradução por Ricardo Santos)


After You’ve Gone (#34) – Letra e Música de Henry Creamer & Turner Layton 
After You’ve Gone” da dupla Creamer e Layton, juntou-se a “St. Louis Blues” (1914) e “Indiana” (1917), como os “top” três “standards” pré-1920. Muito poucas composições conseguirão do início do século 20, suportar a transição para o som bom do “swing” dos anos de 1930 e para além dessa década.
                                                                                                                                                                  
Nina Simone (Tryon, 21-02-1933 — Carry-le-Rouet, 21-04-2003) – Do triplo CD álbum “Nina Simone Story” de 2008, produzido pela Sony BMG.


Letra (versão de Nina Simone)

Now listen honey while I say
I can you fix your mind to say you're going away

Don't say that we must part
Don't break my aching heart
You know you love me
True for many years
Love me night and day
Can't you see my tears
How can you leave me
Listen while I say

After you've gone and left me crying,
After you've gone there's no denying,
You'll feel blue, you'll feel sad,
You'll miss the greatest mama that you ever ever ever had.
There'll come a time, don't you forget it,
There'll come a time when you'll regret it.

Some day when you grow lonely,
Your heart will break like mine and you'll want me only,
After you've gone, after you've gone away

After you've gone and left me crying,
After you've gone there's no denying,
You'll feel blue, you'll feel sad,
You'll miss the greatest pal you ever had.
There'll come a time, don't you forget it,
There'll come a time when you'll regret it.

Some day when you grow lonely,
Your heart will break like mine and you'll want me only,
After you've gone, after you've gone away
Oh yeah
After you've gone, after you've gone away

Woody Herman (Milwaukee, Wisconsin, 16-05-1913 – 29-10-1987) – Com Woody Herman (clarinete) e a sua orquestra.


Benny Goodman (New York City, 19-09-1913 – Arlington, Virginia, 21-04-1998) – Com o desenho animado da Disney “Make Mine Music” (1946).


John Pizzarelli (EUA, 06-04-1960 – 20xx) (Trio)Com John Pizzarelli (guitarra), Christian McBride (baixo) e Benny Green (piano).


Letra (versão de John Pizarelli)

After you've gone and left me crying
After you've gone, there's no denying
You'll feel blue, you're feel sad
You've missed the slickest partner you ever had

There'll come a time, now don't forget it
There'll come a time, when you're gonna regret it
Some day when you get lonely
Your heart will break like mine, you'll want me only

After you've gone, after you've gone away

After you've gone and left me crying
After you've gone, there's no denying
You'll feel blue, you're feel sad
You've missed the best partner you ever had

There'll come a time, now don't forget it
There'll come a time, when you're gonna regret it
Some day when you get lonely
Your heart will break like mine, you'll want me only

After you've gone, after you've gone away

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.