A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Chico Buarque de Hollanda

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)

Francisco Buarque de Hollanda (Rio de Janeiro, 19-07-1944 – 20xx) - Mais conhecido, como Chico Buarque ou ainda Chico Buarque de Hollanda, é um músico, dramaturgo e escritor brasileiro.
Filho do historiador Sérgio Buarque de Holanda, iniciou a sua carreira na década de 1960, destacando-se em 1966, quando venceu, com a canção “A Banda”, o Festival de Música Popular Brasileira. Socialista declarado, se auto-exilou na Itália em 1969, devido à crescente repressão da ditadura militar no Brasil, tornando-se, ao voltar em 1970, um dos artistas mais activos na crítica política e na luta pela democratização do Brasil. Na carreira literária, foi ganhou três “Prémios Jabuti”, com melhor romance em 1992 com “Estorvo”, além do Livro do Ano, tanto pelo livro “Budapeste”, lançado em 2004, como por “Leite Derramado”, em 2010.
Casou-se e separou-se da actriz Marieta Severo, com quem teve três filhas, Sílvia, que é actriz e casada com Chico Diaz; Helena, casada com o percussionista Carlinhos Brown; e Luísa.
É irmão das cantoras Miúcha, Ana de Hollanda e Cristina.

Vídeo-poema com a poesia "Ao poeta Chico Buarque", de André Augusto Passari, do livro "Fragmentos do Tempo" (editora ArtePauBrasil), a música "Valsinha" de Chico e Vinicius, e imagens de grande sensibilidade. Este poema em homenagem ao grande compositor foi construído utilizando-se versos e letras de suas canções, além de alusões biográficas de Chico Buarque.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.