A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

sábado, 2 de abril de 2011

De facto Boa Música – Vocal Soul (I)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)

Joss Stone (11-04-1987 – 20xx) – Joscelyn Eve Stoker é mais conhecida pelo seu nome artístico Joss Stone. Cantora, actriz e compositora inglesa de “soul” e “R&B”, já vencedora vários BRIT Awards e de um Grammy Award.
Stone vendeu dez milhões de álbuns em todo o mundo. Nos Estados Unidos ela vendeu com três álbuns 2,722,000 milhões de discos vendidos e no Reino Unido ela vendeu com dois álbuns 2 milhões de discos. Ela certificada pela RIAA com disco de platina por “Mind, Body & Soul”, e disco de ouro por “The Soul Sessions” e “Introducing Joss Stone”.
Joss Stone nasceu em Dover, Kent, Inglaterra e passou a sua adolescência na vila de Ashill, Devon. Cresceu escutando uma grande variedade de géneros musicais, incluindo “R&B” e “Soul Music” cantados por artistas, como Dusty Springfield e Aretha Franklin. Fez grande sucesso interpretando a música de Donna Summer, "On the Radio". "…Viciei-me em música “soul” principalmente por causa dos vocais que são exigidos. Tem que se ter boa voz para cantar música “soul” e eu sempre gostei de o fazer, desde pequena…", contou uma vez na MTV News.
E que bem que canta esta mulher que é para mim uma das melhoras cantoras da actualidade, com uma voz que me faz sempre lembrar, obviamente, a grande Janis Joplin.

Tema “Son Of A Preacher Man”, composto por John Hurley e Ronnie Wilkins, para a voz de Dusty Springfield em 1968 (Setembro).
Aqui no “UK Music Hall of Fame” em 14 de Novembro de 2006.


Tema “Tell Me What Were Gonna Do Now”, composto por Joe Stone em 2007.


Tema “Right To Be Wrong”, composto por Joe Stone e incluso no seu segundo álbum “Minds, Body & Soul” (2004).


Tema “A Natural Woman”, composto por Carole King e por Gerry Goffin, em 1967 e interpretada pela primeira vez por Aretha Franklin.
Aqui no espectáculo de tributo à grande Aretha Franklin.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.