Contigo nunca me perco, perdendo-me ! (Ricardo Santos)

sexta-feira, 11 de março de 2011

De facto Boa Música – Vocal (IV)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)

Sara Tavares (Lisboa, 01-02-1978) - É uma cantora e compositora portuguesa com ascendência cabo-verdiana. A música que ela interpreta é definida como música do mundo “World Music”. Sara ganhou a final da 1ª. edição (1993/1994) do concurso “Chuva de Estrelas” da “SIC” onde interpretou um tema de Whitney Houston.
Foi convidada por Rosa Lobato de Faria para participar no “Festival RTP da Canção de 1994” com a canção "Chamar a Música". A canção recebeu o máximo de pontuação de todos os jurados, ganhando assim um lugar no Festival Eurovisão da Canção de 1994, onde alcançou a 8ª. posição.
Em 1996 editou o seu primeiro disco que contou com a colaboração do coro “Shout”, além de gravar a música "Longe do Mundo", uma adaptação de "God Help The Outcasts”, de Heidi Mollenhauer, para o filme da Disney, “O Corcunda de Notre-Dame”, que viria a merecer uma menção honrosa da Disney como a melhor versão, sem contar com a versão inglesa.
Na Expo'98, Sara Tavares participou no espectáculo de tributo a Gershwin, ao lado da Rias Big Band Berlin.

5 Álbuns, 8 Singles, 5 Compilações e 7 Álbuns em colaboração.

Tema “Bom Feeling”, de 2005, do álbum “Balancê”.



Tema “One Love”, de 2005, do álbum “Balancê”.



Tema “Longe do Mundo”, de 1996, do álbum “Sara Tavares”, seu primeiro trabalho com o grupo “Shout”.



Tema “Bué (Você é)”, de 2009, do álbum “Xinti”.



Rui Veloso (30-07-1957 - 20xx) – É um cantor, compositor e guitarrista português, embora nascido em Lisboa, mudou-se para o Porto com apenas três meses. Considerado por muitos como o Pai do Rock Português, movimento musical surgido no início da década de 80, foi como intérprete de “Blues” que começou a sua carreira numa banda de garagem chamada “Magara Blues”.
Toca harmónica desde os 6 anos. Diz-se apreciador de B.B. King e Eric Clapton, entre outros nomes consagrados. Actuou por duas vezes com o primeiro no Coliseu do Porto e no de Lisboa, em concertos aplaudidos pela crítica. É reconhecido internacionalmente como o mais autêntico “bluesman” português.
A sua obra é notável e foi já reconhecida pelo Estado Português na figura do então Presidente da República, Mário Soares, que lhe atribuiu a Grã-Cruz da Ordem do Infante. É o segundo nome da música portuguesa que mais páginas tem destinadas na "Enciclopédia da Música Portuguesa", só ultrapassado por Amália Rodrigues.

10 álbuns, mais 3 “ao vivo” e 2 compilações.

Tema “Paixão”, de 1980, do álbum “Mingos & Samurais”. Composto por Rui Veloso e Carlos Tê.



Tema “O Prometido É Devido”, de 1980, do álbum “Mingos & Samurais”. Composto por Rui Veloso e Carlos Tê.



Tema “Não Me Mintas”, de 2000, do álbum ”Vinte Anos Depois”. Composto por Rui Veloso e Carlos Tê.



Tema “Todo O Tempo Do Mundo”, de 1998, do álbum “Avenidas”. Composto por Rui Veloso e Carlos Tê.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.