A paixão nua e cega dos estios, Atravessou a minha vida como rios

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Paixão Nua, in “O Nome das Coisas”.

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

De facto Boa Música – Vocal Portuguesa (II)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)

Dulce José Silva Pontes (Montijo, 08-04-1969 – 20xx) – É uma das cantoras portuguesas mais populares e reconhecidas internacionalmente. Canta canções “pop”, música tradicional portuguesa (fado e folclore incluído), bem como música clássica.
Costuma definir-se como uma artista da música do mundo (“World Music”). Também compõe alguns dos temas que canta. A sua actividade artística contribuiu para o renascimento do fado na década de noventa, do século passado. Dulce distingue-se principalmente pela sua voz, que é versátil, dramática e com uma capacidade invulgar de transmitir emoções. É uma soprano dramático com uma voz potente, versátil e penetrante. É considerada uma das melhores artistas dentro do panorama musical português. Já actuou em palcos como o “Carnegie Hall” e ao lado de nomes como Enio Morricone compositor e maestro), Andrea Bocelli (tenor) e José Carreras (tenor).

9 Álbuns, 1 Single, 2 Colectâneas e 11 Álbuns em colaboração.

Tema “Lusitana Paixão”, que concorreu ao Festival Europeu da Canção em 1991. Foi composta por Jorge Quintela e José da Ponte e letra de Fred Micaelo e José da Ponte. A versão para o Festival foi orquestrada por Fernando Correia Martins.



Tema “Canção Do Mar”, de 1955, composta por Frederico de Brito e Ferrer Trindade. Foi celebrizada por Amália Rodrigues no filme “Os Amantes do Tejo” sob o nome “Solidão”. Existe uma versão de Anamar, datada de 1987. Aqui do álbum “Lágrimas” de Dulce Ponte editado em 1993.

Lamento o sincronismo e a falta de qualidade linguística das legendas (Ricardo Santos).



Tema “Lágrima”, de Amália Rodrigues e Carlos Gonçalves. Aqui do álbum “Lágrimas” de Dulce Ponte editado em 1993.



Tema “Your Love”, composto por Ennio Morricone.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu fiz um Pacto com a minha Língua, o Português, língua de Camões e de Pessoa.